Técnicas minimamente invasivas de cirurgia vascular

Técnicas minimamente invasivas de cirurgia vascular

Angiologia é o nome dado ao segmento da medicina que se dedica ao tratamento de doenças que acometem os sistemas venoso, arterial e linfático. É o médico angiologista o responsável por tratar de questões como varizes, vasinhos e microvarizes, por exemplo. Apesar de tal especialidade ser indiscutivelmente importante, há que se ressaltar: tal profissional trabalha apenas com doenças clínicas vasculares que não necessitam de cirurgia. Casos mais graves devem ser acompanhados por um cirurgião vascular.

Por mais que a situação de determinado paciente já se encontre em um estado mais avançado, não podemos deixar de levar em consideração que a área da cirurgia endovascular está em constante processo de aperfeiçoamento e, hoje em dia, já é possível serem utilizadas técnicas minimamente invasivas para a realização de procedimentos cirúrgicos.

Características das novas técnicas endovasculares

As novas técnicas endovasculares fornecem boas perspectivas aos pacientes, pois estão associadas a uma série de benefícios. Seu principal objetivo é a máxima preservação da anatomia, sem que existam amplas agressões ao organismo, porém, ainda assim, seja eficiente o bastante para resolver o problema. Dentre as vantagens, estão: recuperação mais rápida, alta hospitalar precoce, retorno mais acelerado às atividades do dia a dia, menores dores pós-operatórias, cicatriz cirúrgica reduzida e maior conforto.

Angiorradiologia

A Angiorradiologia é uma técnica que atua no interior dos vasos, através de pequenas incisões, realizadas com o auxílio de endoprótese, cateter e stents. O procedimento é feito em salas especiais, que contam com várias tecnologias, como o fluoroscópio, uma espécie de raio-X que trabalha em tempo real. A técnica pode ser adotada no tratamento de diversas condições, entre elas estenoses arteriais e venosas, por exemplo.

Radiologia Intervencionista

Através da técnica da Radiologia Intervencionista, é possível localizar, com precisão, o alvo do procedimento cirúrgico. Desta forma, agulhas ou cateteres podem ser introduzidos com acompanhamento simultâneo por meio de imagens, o que torna o procedimento eficiente e totalmente seguro. Não há a necessidade de cortes cirúrgicos ou do uso de câmeras de videocirurgia.

Laser

Procedimentos cirúrgicos realizados com laser são seguros e menos invasivos. A técnica é desenvolvida com pequenas incisões, contando apenas com o auxílio de anestesia local. O laser vascular foi projetado para termocoagular células endoteliais presentes nas veias, propiciando o fechamento dos vasos doentes. A lesão térmica age na destruição e reabsorção da veia pelo organismo, retirando-a de circulação e, com isso, resolvendo o problema venoso.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *