A importância da prevenção da Aterosclerose

A importância da prevenção da Aterosclerose

A Aterosclerose é uma doença degenerativa e que pode ser muito agressiva, dependendo do paciente. Nela, as artérias se enrijecem e sua camada interna fica mais grossa devido ao acúmulo de gordura.

Para impedir o sofrimento causado por essa doença, é imprescindível atentar-se aos métodos de prevenção. Eles são muito importantes e podem evitar uma série de transtornos aos pacientes.

Quais as principais formas de prevenir essa doença?

Assim como qualquer doença, a aterosclerose conta com diferentes opções de prevenção, mas as principais e mais importantes são:

Acabar com o tabagismo

O fumo é um hábito prejudicial por inúmeros fatores. Ele danifica as células podendo contribuir, e muito, para a geração de coágulos sanguíneos, causando aterosclerose e até outras doenças, como o AVC.

Como o tabagismo é um vício, é essencial contar com a ajuda de médicos e profissionais para parar o fumo de forma definitiva. Esses especialistas poderão recomendar medicamentos que auxiliam nesse processo.

Evitar ou controlar o diabetes

Outro fator importante para aqueles que não querem sofrer com a aterosclerose é evitar o diabetes através do controle constante da glicemia, impedindo que ela chegue a níveis indesejados.

E para aqueles que já têm diabetes, é recomendado acompanhar o progresso da doença, evitando que ela cause o temido enrijecimento nas artérias corporais e provoque a aterosclerose.

Cuidado com a hipertensão

A pressão alta, também chamada e conhecida como hipertensão, pode fazer com que as artérias acabem se enrijecendo, principalmente quando o paciente mantém esse quadro alterado por muito tempo.

Caso o doente sinta dificuldades em controlar sua pressão, é extremamente indicado buscar um médico e, se orientado pelo especialista, começar a tomar medicamentos para administrar sua hipertensão.

Acompanhamento médico constante

Claro que, além de todos esses cuidados e prevenções, é essencial que o paciente passe regularmente por uma consulta médica. Um acompanhamento constante é imprescindível para evitar o surgimento desse problema.

Uma das médicas que atendem os pacientes que não querem ter aterosclerose é a Dra. Andrea Klepacz. Ela realiza consultas exclusivas e identifica as necessidades de cada um dos interessados em manter sua saúde em ótimo estado.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *